macroeconomia e machine learning

O termo “Machine Learning” foi cunhado por Arthur Samuel em 1959 e definido como a capacidade que proporciona aos computadores a habilidade de aprender sem requerer programação explícita. Ao longo do tempo, essa área tem evoluído em paralelo com os avanços computacionais, consolidando-se como um elemento crucial na construção de modelos preditivos. Com a profusão de dados, particularmente os de natureza econômica, tornou-se possível a elaboração de modelos de previsão para variáveis macroeconômicas. Este artigo oferece uma introdução a esses tipos de modelos e apresenta um exemplo concreto: a construção de uma previsão para a probabilidade de recessão nos EUA, utilizando as linguagens R e Python.

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.