Banco Central aguarda previdência para liberar o chope

Há uma piada conhecida na profissão de que o banqueiro central é o cara chato que tira o chope no melhor da festa. Isto porque, é justamente quando a economia dá sinais de que está acima do seu potencial de crescimento é que a autoridade monetária deve reduzir os incentivos, ou seja, aumentando os juros. Na conjuntura brasileira atual, contudo, o Banco Central está atuando em sentido contrário: está demorando a soltar mais alguns barris de chope. Abaixo, explico o porquê.

A ata do COPOM divulgada hoje pela manhã repete o comunicado da semana passada ao dizer que mantidos os juros básicos em 6,5% a inflação para 2019 e 2020 fica abaixo da meta - 3,6% e 3,7%, respectivamente. Ao verificar o cenário do Focus, que leva a Selic para 5,75% no final desse ano e a eleva para 6,5% em 2020, a inflação permanece abaixo da meta - 3,6% e 3,9%. Em outras palavras, a julgar pelas projeções condicionais do modelo do Banco Central, a essa altura já deveríamos ter mais alguns barris de chope na economia.

Além das projeções condicionais, há outros fatores que contribuem para que o Banco Central solte os juros. A autoridade monetária reforçou na ata que houve uma interrupção na recuperação da economia, que o cenário externo está menos adverso e que os núcleos de inflação estão comportados, como indica o gráfico desse post. Em outras palavras, o tal balanço de riscos evoluiu favoravelmente, o que dá suporte para uma inflação esperada abaixo da meta tanto esse quanto no próximo ano.

E por que a cautela, então?

O Banco Central reforçou na ata a sua preocupação com a reforma da previdência. Sem ela, prêmios de risco e taxa de câmbio vão para cima, pressionando a taxa de inflação.

E isso é difícil de colocar no modelo, como sabe quem é do ramo.

Eu entendo a posição do Comitê. De fato, é difícil saber o que vai acontecer com prêmios de risco e câmbio em uma situação de não aprovação da previdência. Por óbvio que isso contaminaria de forma frontal a trajetória da inflação esperada.

Isso dito, é difícil nesse momento não taxar o Banco Central de conservador, dada a abertura do hiato do produto.

Em outras palavras, estamos diante de um modelo de inflation target do tipo rígido em que o banqueiro central parece olhar apenas para o desvio da (expectativa de) inflação em relação à meta.

Para terminar, aqui vai minha opinião pessoal: acho que o Banco Central é apenas mais um agente paralisado em relação à reforma. Não acho que reduzir a Selic em mais um ponto percentual vá fazer alguma coisa pelo hiato. A incerteza hoje é tanta que o investidor não está olhando para o juro, mas sim para o fiscal e esse, meu bem, depende da reforma da previdência. Na analogia do chope, a chance de mais alguns barris de chope não terem nenhum efeito sobre o ânimo da festa é grande!

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Print

Comente o que achou desse artigo

Outros artigos relacionados

Análise de Sentimento de Mercado com IA usando Python

Ler notícias diárias sobre empresas e ações listadas na bolsa pode ser maçante e cansativo. Mas, e se houvesse uma maneira de simplificar todo esse processo? Mostraremos como a IA generativa pode ajudar a captar o sentimento de notícias sobre companhias, automatizando todo o processo com Python e Gemini.

Analisando o mercado acionário brasileiro com aprendizado não supervisionado no Python

Como identificar os fatores significativos que influenciam a variabilidade nos retornos de ações individuais? Como comparar esses fatores ao selecionar empresas de setores distintos? Neste artigo, aplicamos a Análise de Componentes Principais para examinar ações que compõem o índice bovespa, com o objetivo de identificar os fatores estatísticos relevantes. Usamos o Python como ferramenta para aplicar a análise.

Analisando Ações do Mercado Acionário Brasileiro usando IA

Um analista de ações possui total conhecimento de como explorar dados financeiros, mas nem sempre há disposição para relembrar códigos de análises já bem conhecidas. Se temos os dados, porque não pedir para a IA criar o resultado do que temos em mente? Neste exercício, mostramos o poder da IA Generativa para criar análises de ações usando Python.

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.