Replicando modelos VAR/VEC do Banco Central

A partir da adoção do regime de metas em 1999, tornou-se necessária a criação de modelos de previsão no âmbito do Banco Central do Brasil, para projetar o comportamento de variáveis macroeconômicas, em particular, naturalmente, a inflação. Essa necessidade deriva, por...

O modelo básico do Banco Central brasileiro

A partir da década de 1990, a macroeconomia repousou naquilo que ficaria conhecido como nova síntese neoclássica ou novo consenso macroeconômico. Uma das implicações desse consenso foi a construção de pequenos modelos estruturais para analisar os impactos da política...

Usando um VECM para projetar a Dívida Bruta

A trajetória da Dívida Bruta brasileira tem sido objeto de preocupação entre analistas e investidores. Exemplo disso foi o rebaixamento da nota de crédito do país pelas três principais agências de classificação de risco. Mas o que está por trás do aumento da relação...

Mais BNDES para alguns, mais juros para todos

Os últimos anos marcaram uma expansão muito grande do crédito público no país. Em particular, os empréstimos associados ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Como temos visto em horário nobre, a concessão desse tipo de crédito não envolve,...

O IBC-Br é um bom preditor do PIB?

Antes de todo o tsunami político que o Brasil se envolveu na semana passada, vínhamos experimentando uma gradual retomada do nível de atividade. Uma das formas possíveis de capturar isso é através do Índice de Nível de Atividade do Banco Central, o IBC-Br. Abaixo,...