Hiato entre comércio e indústria se reduz

hiatoO IBGE divulgou hoje a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), que avalia tanto volume de vendas quanto receita nominal do varejo brasileiro. O instituto divulga tanto as vendas do "varejo restrito", quanto as vendas de veículos e da construção civil. Na passagem de novembro para dezembro, houve recuo no volume de vendas em -0,2%. No acumulado em dozes meses, a variação é de 4,3%. Mais interessante do que isso, entretanto, é verificar o hiato entre comércio e indústria, como pode ser visto no gráfico ao lado. Ele se reduziu, após o pico registrado no final de 2012, fruto dos incentivos dados pelo governo ao setor. A indústria, como comentei em post anterior, se recuperou levemente no segundo semestre de 2013, o que, somado a desaceleração do varejo - fruto da queda na taxa de crescimento dos salários e alto endividamento das famílias - causou redução do hiato. Essa diferença entre o que o varejo vende o que a indústria produz é uma boa métrica para entender a perda de competitividade do país frente a produtos importados, além de ser um indicativo de pressões inflacionárias. Isto porque, sendo o comércio varejista a demanda e a indústria a oferta de bens, se aquela cresce a taxas mais robustas que estas, ou bem há incremento de produtos importados na economia ou bem haverá mais inflação. Desse modo, a redução do hiato é mais um indicativo de que a pressão inflacionária tem mostrado recuo nos últimos meses, apesar de ainda permanecer em patamar elevado (5,59% em 12 meses), dada a "desancoragem das expectativas" e a baixa taxa de desemprego. Para maior entendimento sobre a inflação no período recente, clique aqui.

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Print

Comente o que achou desse artigo

Outros artigos relacionados

FED Speeches: Quantificando a Incerteza da Política Monetária com IA e Python

Os discursos dos membros do FED podem dar indicativos relevantes sobre a condução da política monetária, como a percepção de incerteza na fala e na escolha das palavras. Sendo assim, monitorar e interpretar não é suficiente, é necessário quantificar a incerteza nos discursos. Neste exercício mostramos o caminho para construir um indicador de incerteza da política monetária, usando métodos inovadores de IA com o Python.

Medindo o Hiato do Produto do Brasil usando Python

Uma medida extremamente importante para a avaliação econômica de um país é o Hiato do Produto. Neste post, realizamos uma comparação das diferentes formas de estimação dessa variável não observável utilizando o Python como ferramenta de análise de dados.

Como analisar a contribuição para a Volatilidade de uma carteira de ações usando Python

A contribuição para a volatilidade fornece uma decomposição ponderada da contribuição de cada elemento do portfólio para o desvio padrão de todo o portfólio. Em termos formais, é definida pelo nome de contribuição marginal, que é basicamente a derivada parcial do desvio padrão do portfólio em relação aos pesos dos ativos. A interpretação da fórmula da contribuição marginal, entretanto, não é tão intuitiva, portanto, é necessário obter medidas que possibilitem analisar os componentes. Veremos portanto como calcular os componentes da contribuição e a porcentagem da contribuição. Vamos criar as respectivas medidas usando a linguagem de programação Python.

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.