Regra do Salário Mínimo

seminario 7 de maioAcontecerá hoje e amanhã, lá no IBRE-FGV, um debate interessantíssimo sobre a política de salário mínimo. Em particular, sobre como deverá ser a regra brasileira para o período de 2015-18. Sabe-se que a regra atual, que reajusta o mínimo pela inflação do ano anterior mais o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores, vence ano que vem. Com ela queria-se valorizar o mínimo, tido como muito baixo em relação a seus pares da América Latina. Entre economistas, ao menos, está longe de ser um tema consensual, por isso o debate em meio a urgência do calendário torna-se tão importante.  Há na profissão muitos que, inclusive, são contrários a existência de um salário mínimo, alegando que o efeito líquido do mesmo é apenas gerar um desemprego mais elevado. Eu acompanharei o debate e teço comentários sobre o assunto - e a minha opinião - em breve. Maiores informações, aqui.

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Print

Comente o que achou desse artigo

Outros artigos relacionados

Medindo o Hiato do Produto do Brasil usando Python

Uma medida extremamente importante para a avaliação econômica de um país é o Hiato do Produto. Neste post, realizamos uma comparação das diferentes formas de estimação dessa variável não observável utilizando o Python como ferramenta de análise de dados.

Como analisar a contribuição para a Volatilidade de uma carteira de ações usando Python

A contribuição para a volatilidade fornece uma decomposição ponderada da contribuição de cada elemento do portfólio para o desvio padrão de todo o portfólio. Em termos formais, é definida pelo nome de contribuição marginal, que é basicamente a derivada parcial do desvio padrão do portfólio em relação aos pesos dos ativos. A interpretação da fórmula da contribuição marginal, entretanto, não é tão intuitiva, portanto, é necessário obter medidas que possibilitem analisar os componentes. Veremos portanto como calcular os componentes da contribuição e a porcentagem da contribuição. Vamos criar as respectivas medidas usando a linguagem de programação Python.

Analisando o impacto fiscal de propostas legislativas com IA

Todos os anos milhares de proposições legislativas são geradas na Câmara dos Deputados e Senado Federal, o que dificulta o trabalho de monitoramento feito por economistas, jornalistas e analistas de mercado. No entanto, ao empregar técnicas de engenharia de prompt e IA, podemos analisar estas milhares de proposições em questão de segundos. Neste exercício mostramos o caminho para esta automatização usando o Python.

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.