Poesia

Soneto para o meu amor

By 12 de abril de 2011 No Comments

O beija-flor voou
E beijou tua flor.
Foi quando eu vi que ela
Era ti meu amor.

Estrondosa não se exibe
Serena me traz calma.
Atração que hipnotisa
E apaixona a minha alma.

O perfume que exala
Na foice do vento
Enobrece
E vira sentimento.

Tua voz e teus gestos
Doces que fazem sorrir,
O sonhar que me faz dormir.

Receba diretamente em seu e-mail gratuitamente nossas promoções especiais
e conteúdos exclusivos sobre Análise de Dados!

Assinar Gratuitamente