Tag

nível de atividade Archives - Análise Macro

Fazendo o deploy de um dashboard de Shiny de nível de atividade

By | Indicadores

Um dashboard é um painel que oferece uma interface gráfica (normalmente dinâmica), que permite o usuário interagir com os elementos visuais, permitindo que controle as entradas de informações. É possível construir um painel interativo totalmente reprodutível com atualizações automáticas de diversos dados econômicos com o R. No post de hoje, mostraremos como é possível realizar o deploy de um dashboard de nível de atividade econômica, construído através do nosso Curso de Análise de Conjuntura com o R.

Um ponto interessante do R, como muitos sabem, é a sua capacidade de análise de dados a partir da análise gráfica, e não obstante, diversos pacotes da linguagem, bem como Rstudio, facilitam o trabalho para a construção de uma dashboard de diferentes formas para diversas áreas de conhecimento.

Aqui na Análise Macro ensinamos com maestria a construção desses dashboards dentro da área de economia e finanças através dos nossos cursos. Além de um curso próprio para a construção de painéis interativos no R, também possuímos os cursos de Análise de Conjuntura, Modelo Preditivos aplicado à Macroeconomia e R para o Mercado Financeiro, que ensinam a criação de dashboards. Também realizamos postagens mostrando formas de se construir dashboards e no qual os códigos podem acessados através do Clube AM.

Após a construção do dashboard, um passo interessante é não manter somente salvo localmente consigo, afinal, é interessante que todos possam ver os projetos que foram construídos através da internet. Por isso, ensinaremos como realizar o deploy (implantação) do dashboard em páginas web. A forma mais simples de realizar esse processo é através do Shiny apps, através do site https://www.shinyapps.io/.

  • Shiny apps: Plataforma do Rstudio para implantação de dashboards na web.

Nível de atividade de econômica

Utilizaremos como exemplo de deploy o dashboard criado através do nosso curso de Análise de Conjuntura, que acompanha os principais indicadores econômicos do nível de atividade do Brasil. Com códigos totalmente reprodutíveis, essa dashboard permite acompanhar diversos indicadores em tempo real.

 

Caso tenha interesse em acessar e visualizar o dashboard criado, você pode fazer através do site https://analisemacro.shinyapps.io/dashboard_atividade/ - no qual fizemos o deploy através do Shiny App para manter o dashboard acessível.

Ensinaremos a seguir todos os passos para realizar o deploy em um site no Shiny App.

Realizando o deploy no Shinyapps.io

Para realizar o deploy seguiremos os seguintes passos de forma que seja possível ter uma compreensão.

  1. Criar um dashboard com o R através dos Cursos da Análise Macro
  2. Criar uma conta no https://www.shinyapps.io/
  3. Configurar autenticação - nesta parte será conectado o seu Rstudio local com o servidor do Shiny app, de forma que seja possível exportar da máquina o Dashboard para uma aplicação web.
    1. No canto superior direito, clique no nome de perfil e selecione "Token"
    2. Crie um novo Token, e ao criar um novo, clique em "Show". Com isso, aparecerá uma função do R, do pacote {rsconnect}, no qual deverá ser o ponto de conexão entre o Rstudio da sua máquina com o Shiny app.
    3. Clique em "Copy to clipboard", cole no console o conteúdo e aperte enter.
    4. Feito isso, deveremos somente realizar o deploy do Dashboard no Shiny, como já foi realizado a conexão, apenas deverá ser feito o deploy. Para isso, digite no console
      rsconnect::deployApp()

      e aperte enter (o processo pode demorar).

    5. O dashboard será exportado para os servidores do Shiny app e poderá ser acessado por sua conta no navegador.

Feito os passos, você poderá ter acesso a url de seu dashboard na web, podendo compartilhar para qualquer lugar que queira. Caso queira atualizar o dashboard, você pode abrir novamente o Rstudio com o arquivo do script do dashboard aberto e utilizar novamente

rsconnect::deployApp()

Aparecerá uma mensagem perguntando se realmente deseja atualizar, digite y e aperte enter, com efeito, será atualizado seu dashboard no Shiny App.

 

 

 

Relatório #29 - IPCA, PMS e IBC-br

By | Indicadores

No Relatório AM dessa semana, iremos falar sobre três indicadores: o IPCA, a Pesquisa Mensal de Serviços e o IBC-br.

Variação do IPCA

O IPCA do mês de novembro teve variação de 0,95%. Um resultado melhor que o esperado, considerando que o mercado financeiro projetava uma variação maior que a configurada. Podemos ver a desaceleração através do gráfico.

Inflação acumulada

O índice acumulado em 12 meses configurou em uma variação de 10,74%. Podemos compará-la com as metas de inflação e a média dos núcleos de inflação.

Contribuição dos Grupos para a Inflação mensal

No mês, vemos que o grupo de Transporte ainda persiste na contribuição para a alta da inflação medida pelo IPCA no Brasil, boa parte causada pelo aumento do preço da gasolina. Por outro lado, vemos que alimentação e bebidas configurou um resultado negativo.

PMS

Na semana, ocorrerá a divulgação da Pesquisa Mensal de Serviços. Podemos dar uma olhada no seus resultados nos últimos meses.

Vemos que há quedas na variação mensal, interanual. Na variação anual tem-se a variação positiva, devido ainda pelos resultados negativos do último ano.

IBC-br

Na semana também teremos o resultados do IBC-br. Como podemos ver, nos últimos meses temos resultados negativos na variação marginal.

________________________

(*) Para entender mais sobre análise de conjuntura econômica, confira nosso Curso de Análise de Conjuntura usando o R - Versão 5.0.

________________________

O Banco Central e a espada de Dâmocles

By | Comentário de Conjuntura

O Banco Central termina hoje mais uma reunião do Comitê de Política Monetária (COPOM), cujo objetivo é decidir sobre a trajetória da taxa básica de juros, a SELIC. O que mais importa na reunião, contudo, não é saber quanto de fato será a mudança na Selic, já que há um grande consenso em torno de 75 pontos-base, graças à comunicação do próprio Banco Central. Importa saber se o Comitê irá levar os juros para além da neutralidade, isto é, se de fato promoverá um ajuste total no juros, a ponto de tornar a política monetária contracionista. Nesse Comentário de Conjuntura, fazemos uma análise descritiva desse ponto.

(*) Aprenda a fazer esse tipo de análise através dos nossos Cursos Aplicados de R.

O cenário atual é basicamente composto por um nível de atividade em recuperação, inflação em aceleração e política monetária em situação expansionista. Esse último ponto, diga-se, pode ser ilustrado pela comparação entre a taxa de juros real ex-ante e o juro de equilíbrio da economia. A figura abaixo ilustra.

Abaixo, vemos a variação marginal das três pesquisas mensais principais de nível de atividade.

E a seguir, um resumo das métricas de crescimento, incluindo o IBC-Br.

Os resultados positivos na margem (à exceção da indústria) dessas pesquisas, somados aos resultados do PIB no 1º trimestre garantiram uma revisão das projeções para o nível de atividade em 2021. Isto é, espera-se que haja um crescimento mais robusto esse ano do que o inicialmente projetado.

Em paralelo a esse processo de recuperação do nível de atividade, temos uma inflação em aceleração, fruto de inúmeros choques que têm ocorrido sobre a economia brasileira nos últimos meses.

O gráfico acima ilustra. A inflação cheia chegou a 8,06% no acumulado em 12 meses até maio. Não apenas isso, a média dos 7 núcleos de inflação também está em aceleração.

Diante desse quadro, não nos parece razoável que o Banco Central continue com o discurso de normalização parcial da política monetária. Infelizmente, ele será obrigado a levar a taxa de juros real ao nível de neutralidade, de modo a conter o avanço das expectativas de inflação.

Por óbvio, não é uma situação confortável, já que o desemprego ainda permanece em nível elevado e ainda estamos com hiato do produto negativo. A espada de Dâmocles parece pesar sob a cabeça dos diretores da autoridade monetária.

____________________

(*) Para quem quiser ter acesso a todos os códigos desse e de todos os exercícios que publicamos ao longo da semana, visite o Clube AM.

(**) Os dados de nível de atividade e de inflação fazem parte dos nossos Monitores, que são ensinados no Curso de Análise de Conjuntura usando o R.

IBC-Br e a recuperação em V

By | PIB

O IBC-Br é um indicador de periodicidade mensal, construído pelo Banco Central, que busca incorporar a trajetória de variáveis consideradas como proxies para o desempenho dos diversos setores da economia. Na 31ª edição do Clube do Código, diga-se, eu faço uma comparação entre o IBC-Br e o PIB, de modo a verificar se aquele é um bom preditor desse. A análise completa do índice é feita no nosso Curso de Análise de Conjuntura usando o R. Aqui, vou mostrar como coletar os dados do índice diretamente do Banco Central, bem como gerar um tratamento e visualização dos dados.

script começa carregando alguns pacotes de R:


## Pacotes
library(tidyverse)
library(scales)
library(Quandl)
library(BETS)
library(tstools)
library(knitr)

Na sequência, eu baixo os dados do Banco Central a partir do pacote BETS. Ademais, já crio as variações que quero para mostrar o avanço do índice no curto prazo.


## Coleta e tratamento dos dados
ibc = BETSget(24363, data.frame=TRUE)
ibc_sa = BETSget(24364, data.frame=TRUE)
ibc_df = inner_join(ibc, ibc_sa, by='date') %>%
as_tibble() %>%
rename(ibc = value.x, ibc_sa = value.y) %>%
mutate(margem = (ibc_sa/lag(ibc_sa,1)-1)*100) %>%
mutate(interanual = (ibc/lag(ibc,12)-1)*100) %>%
mutate(trimestral = acum_i(ibc_sa,3)) %>%
mutate(anual = acum_i(ibc, 12))

De posse dos dados, eu posso criar uma tabela como abaixo, de modo a ilustrar o avanço do índice nos últimos meses.

Índice de Nível de Atividade do Banco Central
Data IBC-Br IBC_sa Margem Interanual Trimestral Anual
2020-03-01 136.34 131.62 -5.93 -1.59 -1.82 0.73
2020-04-01 119.03 119.42 -9.27 -14.27 -6.50 -0.45
2020-05-01 120.37 121.43 1.68 -13.55 -10.99 -1.99
2020-06-01 126.96 127.90 5.33 -6.06 -10.26 -2.36
2020-07-01 136.77 132.64 3.71 -4.30 -2.30 -2.83
2020-08-01 136.66 134.05 1.06 -3.92 5.94 -3.09

Observamos por essa tabela que o índice tem se recuperado nos últimos meses do tombo sofrido em março e abril por conta da pandemia do Covid-19. Na variação interanual, contudo, o índice ainda mostra comparações negativas com igual mês do ano passado. Todas as variações e o índice em nível podem ser mostrados em um gráfico múltiplo como abaixo.


A análise do índice nos últimos meses parece indicar uma recuperação em V, isto é, uma forte recuperação após o tombo do nível de atividade em março e abril.

Como mostro naquele exercício do Clube do Código, contudo, a comparação entre IBC-Br e PIB deve ser vista com cautela.

__________

(*) Para ter acesso aos códigos completos dos nossos futuros exercícios, cadastre-se na nossa Lista VIP aqui.

(**) Inscrições para as Turmas de Verão começam no próximo dia 27/10. Seja avisado por e-mail clicando aqui.

Nível de Atividade pós-pandemia

By | Comentário de Conjuntura

Uma das perguntas mais importantes da atual conjuntura econômica diz respeito ao formato da recuperação pós-pandemia. Os primeiros números das pesquisas de alta frequência de nível de atividade, em particular, da Pesquisa Mensal do Comércio, da Pesquisa Mensal de Serviços e da Produção Industrial Mensal, dão algumas pistas para a resposta. A análise dessas pesquisas faz parte do nosso Curso de Análise de Conjuntura usando o R. Nesse Comentário de Conjuntura, faço uma breve análise sobre os dados.

O gráfico acima, por exemplo, ilustra o comportamento do Comércio Varejista, no seu corte ampliado. Tudo indica que a recuperação nesse setor sofreu forte influência dos incentivos garantidores de renda promovidos pelo governo. Em particular, pelo auxílio emergencial. Isso proporcionou a tão sonhada recuperação em V. Na margem, o Varejo Ampliado - que inclui automóveis e material de construção - avançou fortemente desde maio.

A apresentação completa da PMC que eu ensino os nossos alunos a fazer, automatizando todo o processo de coleta e tratamento dos dados pode ser vista aqui.

Infelizmente, entretanto, não é possível dizer que esse comportamento do Varejo define uma tendência para a economia como um todo. Veja, por exemplo, o comportamento dos Serviços. Ainda que também haja sinais de recuperação na margem, com avanço nos meses de junho e julho, a comparação interanual ainda permanece em terreno bastante negativo.

A apresentação completa da PMS que eu ensino os nossos alunos a fazer, automatizando todo o processo de coleta e tratamento dos dados pode ser vista aqui.

A produção industrial, por seu turno, apresenta comportamento semelhante: recuperação na margem, mas ainda no negativo na comparação interanual.

A apresentação completa da Produção Industrial que eu ensino os nossos alunos a fazer, automatizando todo o processo de coleta e tratamento dos dados pode ser vista aqui.

Tudo isso dito, é possível dizer que há sim uma recuperação em curso do nível de atividade, após a maior crise sanitária em 100 anos. Mas, infelizmente, parece que ela não vai ser tão rápida quanto gostaríamos.

Para terminar, gostaria de convidá-los para uma aula ao vivo que darei na próxima terça-feira, 29/09, sobre Dados Econômicos no R. Para garantir o seu acesso à aula, se inscreva aqui

 

Receba diretamente em seu e-mail gratuitamente nossas promoções especiais
e conteúdos exclusivos sobre Análise de Dados!

Assinar Gratuitamente