A influência do TOP5 nas expectativas do boletim Focus

O boletim Focus divulgado agora há pouco trouxe correção importante na taxa básica de juros esperada pelo mercado para o fim de 2020. Antes estacionada em 4,5%, agora há a expectativa de mais um corte de 25 pontos-base, em linha com o que era esperado pelo grupo TOP 5 Médio Prazo desde o início de dezembro. De fato, como pode ser visto no gráfico abaixo, há uma correlação positiva entre as expectativas.

Através de testes estatísticos, que são ensinados no nosso Curso de Séries Temporais usando o R, inclusive, é possível mostrar que essa correlação é também uma causalidade, no sentido das expectativas do TOP5 para as expectativas do Focus. Ou seja, o grupo TOP5 influencia as expectativas dos demais agentes.

Em relação às demais variáveis, houve também correção na inflação esperada - de 3,56% para 3,47% - e no câmbio - de 4,05 R$/US$ para 4,10 R$/US$.

A semana, por fim, é marcada pela divulgação da taxa de desemprego medida pela PNAD Contínua na sexta-feira.

_______________



(***) Uma apresentação em RMarkdown do boletim Focus está disponível aqui.

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Print

Comente o que achou desse artigo

Outros artigos relacionados

Como usar o Google AI Studio e o Gemini?

Na corrida da IA, novas ferramentas e modelos são lançados quase que diariamente. Neste artigo mostramos como o Google tem competido neste mercado através do AI Studio e do Gemini e damos um exemplo de integração em Python.

Analisando a ancoragem das expectativas de inflação no Python

Se expectativas de inflação ancoradas com a meta são importantes para a economia, analisar o grau de ancoragem é imperativo para economistas e analistas de mercado. Neste exercício mostramos uma forma de aplicar esta análise com uma metodologia desenvolvida pelo FMI. Desde a coleta dos dados, passando pelo modelo e pela visualização de dados, mostramos como analisar a política monetária usando o Python.

Como analisar a DRE de empresas de capital aberto usando o Python

Quando analisamos a demonstração de resultados de uma empresa listada na bolsa de valores, frequentemente recorremos a ferramentas convencionais, que embora sejam úteis, muitas vezes carecem de automação. É aqui que entra o Python. Neste post, exploramos o poder do Python para automatizar o processo de coleta, tratamento e análise dos dados da Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) da Eletrobras, utilizando dados fornecidos pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.