Introdução à Economia Social de Mercado e ao human capital approach: equidade social com produtividade econômica.

Você é daqueles que acredita que construir uma rede de proteção social vai contra a estipulação de uma economia de alta produtividade? Você acha que um país que possui uma ampla oferta de benfícios sociais não pode ser um país de alto crescimento? Pois é, eu te entendo. Você não está sozinho nessa inquietação. A situação brasileira também não ajuda muito. Afinal, o Estado brasileiro cobra uma carga tributária de cerca de 36% do PIB e devolve pouco em termos de saúde e educação, por exemplo. A questão relevante, entretanto, é que o investimento público nessas duas searas promove justamente o que a literatura econômica chama de human capital approach. Se você investe em saúde e educação básica, está melhorando a produtividade do fator trabalho, o que implica em maiores taxas de crescimento econômico. Ou seja, uma coisa (o benefício social) está umbilicamente envolvida com a outra (a eficiência econômica).

Tais conceitos, aparentemente disjuntos, são tratados pelo liberalismo social, vertente política da qual sou um orgulhoso integrante e defensor. Neste, as sociedades devem conciliar a liberdade econômica e política dos indivíduos com um nível de igualdade de oportunidades satisfatório. O ponto ótimo é quando a ampla rede social promove maior produtividade, fazendo com que o bem estar de todos se eleve. Nesse contexto que se inserem os conceitos de Economia Social de Mercado (ESM) e do human capital approach (HCA).

Para uma introdução ao HCA recomendo essa palestra aqui. Nela faço uma breve exposição sobre a moderna teoria neoclássica de crescimento, no que tange ao capital humano. Mais capital humano é a um só tempo benéfico do ponto de vista social e econômico. E, atualmente, acredito que nenhum economista do mundo ousaria em discordar disso: mais educação e mais saúde promovem aumentos de produtividade. O argumento, eu diria, é sempre econômico, mas com implicações importantes sobre a questão social da coisa.

Já sobre o conceito de ESM, recomendo o livro acima. Ele foi produzido pelo economista Marcelo Resico, com o apoio da Fundação Konrad Adenauer, a respeito dos conceitos aplicados a uma economia que promove equidade com produtividade. Os links existentes entre um e outro são aqueles discutidos pelo HCA, além de pontos institucionais importantes. O livro completo pode ser baixado aqui.

Eu espero que isso lhe ajude a não mais confundir benefícios sociais com economias de pouco crescimento. A ideia é justamente o oposto...

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Print

Comente o que achou desse artigo

Outros artigos relacionados

FED Speeches: Quantificando a Incerteza da Política Monetária com IA e Python

Os discursos dos membros do FED podem dar indicativos relevantes sobre a condução da política monetária, como a percepção de incerteza na fala e na escolha das palavras. Sendo assim, monitorar e interpretar não é suficiente, é necessário quantificar a incerteza nos discursos. Neste exercício mostramos o caminho para construir um indicador de incerteza da política monetária, usando métodos inovadores de IA com o Python.

Medindo o Hiato do Produto do Brasil usando Python

Uma medida extremamente importante para a avaliação econômica de um país é o Hiato do Produto. Neste post, realizamos uma comparação das diferentes formas de estimação dessa variável não observável utilizando o Python como ferramenta de análise de dados.

Como analisar a contribuição para a Volatilidade de uma carteira de ações usando Python

A contribuição para a volatilidade fornece uma decomposição ponderada da contribuição de cada elemento do portfólio para o desvio padrão de todo o portfólio. Em termos formais, é definida pelo nome de contribuição marginal, que é basicamente a derivada parcial do desvio padrão do portfólio em relação aos pesos dos ativos. A interpretação da fórmula da contribuição marginal, entretanto, não é tão intuitiva, portanto, é necessário obter medidas que possibilitem analisar os componentes. Veremos portanto como calcular os componentes da contribuição e a porcentagem da contribuição. Vamos criar as respectivas medidas usando a linguagem de programação Python.

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.