Macroeconomia 101 para economistas heterodoxos

Carlos Eduardo Gonçalves responde à Laura Carvalho em artigo de hoje na mesma Folha. Leia aqui. Diz ele, "Olhando para o longo prazo, me preocupa menos a miséria dos últimos anos e mais o fato de que muita gente parece não ter percebido que existe uma coisa importante em economia chamada "lado da oferta". Sim, nós podemos fazer melhor". Tem muita gente boa por aí que acha besteira confrontar economistas como Laura, porque todo mundo sabe que ela está errada. Bom, acho que não é todo mundo, vide o apoio que a Nova Matriz teve lá no início. Outra coisa [mais] importante: é preciso confrontar essas ideias equivocadas, para que não se propaguem via nossos alunos de economia. Por fim, como já fiz inúmeras vezes nesse espaço, é preciso dizer [sim] porque a Nova Matriz não deu certo [e nem tinha a menor chance de dar certo]. Se queremos ser um país desenvolvido, os economistas precisam dar sua cota de contribuição... 🙂

keynes_robbins

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Print

Comente o que achou desse artigo

Outros artigos relacionados

A Abordagem do Estudo de Eventos usando Python

A maioria das pesquisas em finanças está dedicada a investigar o efeito de um anúncio da companhia ou de um evento, sistêmico ou não, sobre o preço de uma ação. Esses estudos são conhecidos como “estudos de eventos”. Neste contexto, apresentaremos uma breve introdução à metodologia e demonstraremos como aplicá-la por meio de exemplos reais utilizando a linguagem de programação Python.

Como coletar dados do Eurostat usando a API com o Python?

Neste artigo mostramos como pesquisar e como coletar os dados do portal Eurostat através do sistema de API usando a linguagem Python. Este processo permite automatizar rotinas de extração de dados, eliminando trabalho manual e repetitivo de atualização de bases de dados econômicos.

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.