Mercado de Trabalho

Novos dados de emprego

By 24 de junho de 2014 No Comments

prevdesempregoO Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho referente a maio foi divulgado hoje com notícias ruins. O saldo entre admitidos e demitidos veio abaixo de 60 mil, quando o esperado estava próximo a 100 mil. Nas seis principais regiões metropolitanas, as mesmas da Pesquisa Mensal do Emprego (PME) do IBGE, o saldo foi negativo em mais de 6 mil. Ademais, a média móvel de três meses dos admitidos, nessas regiões metropolitanas, mostrou queda de 3,5%. Significa dizer que o desemprego irá aumentar? Na média dos meus modelos, o desemprego em maio ficou no intervalo entre 4,5% e 5,2%; centrado em 4,8%. Em abril, a taxa foi de 4,9%. Isto porque, entre as premissas consideradas, está uma redução de 0,9% para o crescimento interanual da população economicamente ativa (PEA). Enquanto a procura por emprego não mostrar avanço, o desemprego tenderá a continuar em patamar historicamente baixo, com aumentos pontuais devido à sazonalidade da série. Mesmo que a geração de vagas continue revelando cansaço.

Receba diretamente em seu e-mail gratuitamente nossas promoções especiais
e conteúdos exclusivos sobre Análise de Dados!

Assinar Gratuitamente