Entrevista: "Sem reformas estruturais, não há desenvolvimento".

construção 001Ficou muito boa a matéria sobre reformas econômicas do Informe SoBloco de setembro de 2013, pertencente ao pessoal da SoBloco Construtora S.A. A mesma contém entrevista que concedi a editora Miriam Haddad. Após falar dos problemas da economia brasileira e da necessidade de reformas estruturais, terminei com o seguinte: torço para que o Brasil novo, aquele que empreende, trabalha, estuda e se esforça, tome conta do Brasil velho, corrupto, que quer jeitinho para tudo, prega mudanças de contratos, quer almoço grátis, passe livre etc. Se isto ocorrer, estaremos prontos para ser um país desenvolvido. E, a meu ver, isto só será possível se investirmos na melhoria da educação básica. Não há atalho para o desenvolvimento: o caminho é longo e único. Para ler a entrevista completa, basta clicar na figura ao lado.

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Print

Comente o que achou desse artigo

Outros artigos relacionados

FED Speeches: Quantificando a Incerteza da Política Monetária com IA e Python

Os discursos dos membros do FED podem dar indicativos relevantes sobre a condução da política monetária, como a percepção de incerteza na fala e na escolha das palavras. Sendo assim, monitorar e interpretar não é suficiente, é necessário quantificar a incerteza nos discursos. Neste exercício mostramos o caminho para construir um indicador de incerteza da política monetária, usando métodos inovadores de IA com o Python.

Medindo o Hiato do Produto do Brasil usando Python

Uma medida extremamente importante para a avaliação econômica de um país é o Hiato do Produto. Neste post, realizamos uma comparação das diferentes formas de estimação dessa variável não observável utilizando o Python como ferramenta de análise de dados.

Como analisar a contribuição para a Volatilidade de uma carteira de ações usando Python

A contribuição para a volatilidade fornece uma decomposição ponderada da contribuição de cada elemento do portfólio para o desvio padrão de todo o portfólio. Em termos formais, é definida pelo nome de contribuição marginal, que é basicamente a derivada parcial do desvio padrão do portfólio em relação aos pesos dos ativos. A interpretação da fórmula da contribuição marginal, entretanto, não é tão intuitiva, portanto, é necessário obter medidas que possibilitem analisar os componentes. Veremos portanto como calcular os componentes da contribuição e a porcentagem da contribuição. Vamos criar as respectivas medidas usando a linguagem de programação Python.

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.