Estimando o juro neutro da economia brasileira a partir da NTN-B

[et_pb_section admin_label="section"][et_pb_row admin_label="row"][et_pb_column type="4_4"][et_pb_text admin_label="Texto" background_layout="light" text_orientation="justified" text_font="Verdana||||" text_font_size="18" use_border_color="off" border_color="#ffffff" border_style="solid"]

Uma das discussões de conjuntura no mundo dos economistas é saber qual a taxa de juros neutra ou de equilíbrio da economia brasileira. O juro neutro é aquele que não fornece pressões inflacionárias ou deflacionárias sobre o organismo econômico. Dado o atual ciclo de flexibilização da política monetária, que temos discutido na seção Copom Watch desse espaço, torna-se particularmente relevante para o policymaker saber até onde o juro efetivo (dado pela taxa Selic) pode ir, de modo a não gerar impulso expansionista excessivo, que teria de ser revertido logo em seguida. Na edição 29 do Clube do Código, vamos obter uma estimativa de juro neutro com base na NTN-B com vencimento em 2045, um dos títulos públicos à disposição do investidor no país. Abaixo um resumo do exercício.

Para isso, vamos usar o pacote GETTDData para pegar os dados de título público, como no código abaixo.

library(GetTDData)

download.TD.data('NTN-B')
ntnb45 = read.TD.files(dl.folder = 'TD Files', 
 maturity = '150545')

Uma vez que tenhamos baixado e lido os arquivos, podemos montar um gráfico rápido para mostrar o comportamento da taxa de juros associada à NTN-B com vencimento em 2045.

Uma vez que tenhamos obtido o dado, nós mensalizamos o mesmo fazendo uso do pacote xts. Depois aplicamos o filtro HP sobre a série mensalizada, obtendo assim uma estimativa de juro neutro, como ilustrado pelo gráfico abaixo.

No último dado da estimativa, o juro neutro estaria em 5,98%. Nos exercícios que temos feito na AM, a zona de juro neutro parece se situar entre 5% e 6%. Os códigos completos do exercício, a propósito, estarão disponíveis amanhã, 20/04, na área restrita do Clube do Código.

 

 

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label="row"][et_pb_column type="1_3"][et_pb_button admin_label="Botão" button_url="https://analisemacro.com.br/cursos-de-r/introducao-a-econometria/" url_new_window="off" button_text="Curso de Introdução à Econometria usando o R " button_alignment="center" background_layout="light" custom_button="off" button_letter_spacing="0" button_use_icon="default" button_icon_placement="right" button_on_hover="on" button_letter_spacing_hover="0" /][/et_pb_column][et_pb_column type="1_3"][et_pb_button admin_label="Botão" button_url="https://analisemacro.com.br/cursos-de-r/series-temporais/" url_new_window="off" button_text="Curso de Séries Temporais usando o R " button_alignment="center" background_layout="light" custom_button="off" button_letter_spacing="0" button_use_icon="default" button_icon_placement="right" button_on_hover="on" button_letter_spacing_hover="0" /][/et_pb_column][et_pb_column type="1_3"][et_pb_button admin_label="Botão" button_url="https://analisemacro.com.br/cursos-de-r/macroeconometria/" url_new_window="off" button_text="Curso de Macroeconometria usando o R " button_alignment="center" background_layout="light" custom_button="off" button_letter_spacing="0" button_use_icon="default" button_icon_placement="right" button_on_hover="on" button_letter_spacing_hover="0" /][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Print

Comente o que achou desse artigo

Outros artigos relacionados

Como usar o Google AI Studio e o Gemini?

Na corrida da IA, novas ferramentas e modelos são lançados quase que diariamente. Neste artigo mostramos como o Google tem competido neste mercado através do AI Studio e do Gemini e damos um exemplo de integração em Python.

Analisando a ancoragem das expectativas de inflação no Python

Se expectativas de inflação ancoradas com a meta são importantes para a economia, analisar o grau de ancoragem é imperativo para economistas e analistas de mercado. Neste exercício mostramos uma forma de aplicar esta análise com uma metodologia desenvolvida pelo FMI. Desde a coleta dos dados, passando pelo modelo e pela visualização de dados, mostramos como analisar a política monetária usando o Python.

Como analisar a DRE de empresas de capital aberto usando o Python

Quando analisamos a demonstração de resultados de uma empresa listada na bolsa de valores, frequentemente recorremos a ferramentas convencionais, que embora sejam úteis, muitas vezes carecem de automação. É aqui que entra o Python. Neste post, exploramos o poder do Python para automatizar o processo de coleta, tratamento e análise dos dados da Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) da Eletrobras, utilizando dados fornecidos pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

como podemos ajudar?

Preencha os seus dados abaixo e fale conosco no WhatsApp

Boletim AM

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins semanais diretamente em seu e-mail.