Tag

baixar dados do ibovespa Archives - Análise Macro

Relatório #21 - Expectativa

By | Indicadores

Para o Relatório AM dessa semana, decidimos comentar um pouco sobre a trajetória das expectativas do mercado para as principais variáveis macroeconômicas. Para iniciar, deixamos abaixo as expectativas iniciais para o IPCA:

A história é aquela já contada muitas vezes nos últimos meses: choques que já eram vistos no final do ano passado custam a se desfazer, como a escassez de componentes eletrônicos para automóveis e os preços de commodities, e a perspectiva é de que a política monetária tem se mantido um passo atrás da trajetória de inflação, aumentando a taxa de juros porém sem o fazer a um nível satisfatoriamente impactante para controlar os preços. Essa aparente desconfiança sobre o fim de tais choques - e sobre o comprometimento do BC - já contamina as expectativas do ano que vem, se elevando continuamente nas últimas semanas.

Simultaneamente, podemos ver abaixo que o juro real, que foi mantido em níveis baixos no pico da pandemia para tentar aquecer a economia, está agora se aproximando cada vez mais do juro neutro, apontando para uma perspectiva mais neutra do BC e em favor da estabilização dos preços.

O resultado dessa aproximação, em conjunto com uma série de fatores de instabilidade no país, é uma perspectiva negativa para o ano que vem. Enquanto o PIB para esse ano possui expectativas favoráveis - muito por conta de uma comparação com um 2020 péssimo -, 2022 já aponta para apenas cerca de 1.5% de crescimento.

________________________

(*) Para entender mais sobre conjuntura econômica, confira nosso Curso de Análise de Conjuntura usando o R - Versão 5.0.

Relatório #20 - PMS e IBC-Br

By | Indicadores

No final dessa semana, são anunciados os valores da PMS e do IBC-Br referentes ao mês de agosto, completando as principais pesquisas sobre o nível de atividade da economia. A PMS é particularmente importante pois o setor de serviços teve alta variância durante a pandemia, e há grande expectativa sobre a manutenção de sua recuperação. Como podermos ver abaixo, após a queda causada pelas restrições do começo desse ano, houve uma trajetória de crescimento, porém ela já está diminuindo, indicando que estamos convergindo para um nível estável de comércio.

Podemos ver que, em comparação com as outras pesquisas, a PMS apresenta uma variação anual menor, indicando que a recuperação está atrasada para o setor de serviços. É importante notar, porém, que esse setor ficou abaixo dos valores anteriores por um período prolongado, o que explica seu vale mais profundo no começo de 2021.

Mudando o foco agora para o IBC-Br, que sai nessa sexta-feira, podemos ver no gráfico abaixo que a oferta da economia como um agregado já parece estar recuperada. Observando seu valor em nível, tanto os valores em nível como dessazonalizados aparentam estar levemente abaixo da tendência pré-pandemia, com a variação anual indicando que os impactos do lockdown de 2020 já foram superados pela recuperação que ocorreu na segunda metade do ano.

________________________
(*) Para entender mais sobre nível de atividade econômica e análise de conjuntura, confira nosso Curso de Análise de Conjuntura usando o R - Versão 5.0.

Relatório #19 - IPCA e PIM-PF

By | Indicadores

As expectativas para o IPCA acumulado em 12 meses apontam para um valor acima de 10%, que pode ser confirmado com o anúncio de seu resultado de setembro na próxima sexta-feira. Como temos comentado há alguns meses, isso é resultado de uma série de choques que vêm afetado a economia, em conjunto com um certo atraso por parte do Banco Central em sua resposta através da taxa de juros. Ademais, é importante notar o fato de que a inflação não pode ser reduzida a um único setor, como alimentos ou combustíveis. Conforme podemos ver abaixo, o efeito é generalizado entre os núcleos de inflação, indicando que choques de setores específicos estão se propagando fortemente.

Esse resultado é corroborado pela escalada do índice de difusão, que mede a proporção de itens com preços em alta. Como podemos ver, a média móvel está sendo carregada por observações de valores altos, atingindo valores acima de 70%, patamar que não era visto desde 2016.

Outro importante índice que já foi divulgado no momento que escrevemos esse post é a Pesquisa Industrial (PIM-PF), como podemos ver na tabela abaixo. O resultado divulgado mantém a trajetória recente de queda na variação marginal, indicando a continuação do desaquecimento. Quanto às outras métricas de avaliação, vemos que o impacto estatístico da depressão causada pelo lockdown do começo do ano passado já perde seu efeito na variação interanual, dado que a indústria teve uma recuperação rápida, porém ainda contamina a variação anual, que apresenta resultados recentes positivos, mas que devem ser analisados com precaução.

Como nossos leitores assíduos sabem, esse post usualmente é feito na segunda-feira. Devido à instabilidade das redes sociais que ocorreu nesse dia, acabamos tendo alguns atrasos que nos levaram a fazer o post hoje, implicando em uma análise ex-post da PIM-PF. Apesar disso, na semana que vem, já voltamos com nosso cronograma padrão.

________________________

(*) Para entender mais sobre inflação, nível de atividade e análise de conjuntura econômica, confira nosso Curso de Análise de Conjuntura usando o R - Versão 5.0.

Relatório #18 - Ibovespa e EWZ

By | Indicadores

A semana é bastante cheia na divulgação de indicadores. Amanhã, o Banco Central divulga a ata do COPOM, dando maiores detalhes sobre a decisão de continuar o aperto monetária nas próximas reuniões. Na quarta-feira, sai o IGP-M, índice importante para ver o comportamento da inflação no atacado. Na quarta também saem indicadores fiscais, como a relação Dívida/PIB.

Na quinta-feira, o Banco Central divulga o Relatório Trimestral de Inflação, que traz detalhes sobre as previsões do seu modelo de pequeno porte para a inflação.

Também na quinta-feira, saem os dados do desemprego da PNAD e, provavelmente, o CAGED.

No mercado financeiro, o índice Bovespa e o seu congênere no exterior, o EWZ, têm sofrido bastante ao longo do mês, dada a deterioração vista na China.  O EWZ é um fundo de investimento que replica um índice de ações brasileiras negociadas em Nova York, chamado iShares MSCI Brazil Capped, e tenta acompanhar o Ibovespa no Brasil. Por ser o principal ETF (Exchange Traded Funds) brasileiro, o EWZ é utilizado como uma espécie de termômetro da demanda internacional pelas ações brasileiras. No nosso Curso de R para o Mercado Financeiro, fazemos uma introdução à análise de dados voltada para dados financeiros.


# Carregar pacotes
library(tidyverse)
library(quantmod)
library(timetk)
library(scales)
library(tidyquant)
library(BatchGetSymbols)
library(ggcorrplot)
library(vars)
library(aod)

## Coleta de preços de ações
symbols = c('EWZ', '^BVSP')
prices = BatchGetSymbols(symbols,
first.date = '2016-01-02') %>%
reduce(inner_join) %>%
drop_na()

prices %>%
filter(ref.date > '2021-01-01') %>%
ggplot(aes(x=ref.date, y=price.close, colour=ticker))+
geom_line()+
facet_wrap(~ticker, scales='free')+
theme(legend.position = 'none')+
labs(x='', y='',
title='Índice Bovespa e EWZ',
caption='Fonte: analisemacro.com.br com dados do Yahoo Finance')

Ao longo da semana, vamos comentar aqui no Blog sobre os índices macroeconômicos, que contam com scripts do nosso Curso de Análise de Conjuntura usando o R.

Receba diretamente em seu e-mail gratuitamente nossas promoções especiais
e conteúdos exclusivos sobre Análise de Dados!

Assinar Gratuitamente